22 de abr de 2016

3RHsec - Novas tecnologias e soluções para teleatendimento, entretenimento e smart cities









Solução Acústica 3RLimac com os limitadores integrados:

Temos a solução acústica ideal de medição, registro e atenuação real de nível de pressão sonora na fonte e recepção, com acesso remoto e integração as smart cities, possibilitando a fiscalização rápida, eficiente e sem deslocamento a partir de uma central de monitoramento integrada. Não atua como bloqueador de som por tensão elétrica: que não são eficientes e interferem no som, além de não atenderem as diversas situações acústicas reais encontradas e as exigências metrológicas básicas e de rastreabilidade para aplicação como equipamento fiscalizador. Nossa solução atende as questões técnicas e legais tanto ocupacionais quanto ambientais sendo transparente as pessoas, agradando todos os envolvidos: proprietários, músicos, clientes, ouvintes e as demandas dos órgãos fiscalizadores.

É uma solução de engenharia acústica fantástica que não interfere na qualidade do som nem emite sinais indesejáveis e, sim, atenua de forma inteligente os níveis emitidos para atender as regulamentações e/ou permissões de emissões de decibeis para o evento ou local, possibilitando inclusive num extremo bloquear o som como uma das penalidades. São sistemas integrados com meditor integrador-analisador em oitavas de nível de pressão sonora (ruído) com solução de engenharia acústica que monitora o ruido real, registra e atenua de forma inteligente e ativa os decibeis do ambiente, limitando o ruído, identificando as incidências e/ou tentativas de fraudes; publicando em display e na grande rede (internet) os registros relacionados. 


No detalhe acima, por exemplo, são apresentados alguns equipamentos adequados utilizados na avaliação dos ambientes de teleatendimento e ambientes internos onde destacamos a rastreabilidade das medição com as três unidades/equipamentos medindo no mesmo ambiente.  A primeira da Delta Ohm, comercializado pela Ambergo, mede remotamente Temperatura do Ar (veja o valor de 27,5 oC), Umidade (67%), Dióxido de Carbono: CO2 (692 ppm) e Monóxido de Carbono CO (0 ppm) aplicada  para o monitoramento contínuo da qualidade do ar. Essa unidade comunica-se com a internet e pode ser configurada remotamente, possibilitando acessar e baixar os dados. 

Na sequencia temos a árvore de termômetro com os três termômetros onde o Bulbo Seco  em 27,3 oC e as outros, bulbo úmido e globo com valores semelhantes. Quando tiramos o globo e não colocamos água (um método de verificação do equipamento) os valores dos três termômetros devem ser próximos. Por último a destacamos a ponteira da TSI de alta exatidão (3% em velocidade) com temperatura (27,7 oC), Umidade (69%) e Velocidade do Ar (0,11 m/s), com características de exatidão necessária e regulamentada para atender a NR-17. Reparem que aplicando uma incerteza de medição de mais ou menos 0,3 oC e de umidade de mais ou menos 2% os valores praticamente convergem para a verdadeira grandeza, portanto, adequados para a exatidão pretendida. O valor legalmente utilizado para a comparação com os limites normativos de temperatura, por exemplo: conforme NR-17 e ASHRAE 55, é da Temperatura Efetiva que deve ser obtida a partir dos dados da temperatura, umidade e velocidade do ar medidos adequadamente e com exatidão; ref. ANSI/ASHRAE: Resultado TE = 25,8 oC; com as cartas psicométricas: (veja o ábaco simplificado).

Veja mais e entre em contato (clique aqui).